Você não precisa de Photoshop, você precisa de um cérebro

Os limites entre o software e a criatividade estão no fazer

Décadas antes Photoshop estar disponível, a artista americana Sandy Skoglund começou a criar imagens surrealistas, através da construção de conjuntos incrivelmente elaborados. Após árduo trabalho e dissecação do processo criativo, seus projeto ficavam prontos. Nada era fácil, e exigia, sim, muito esforço. Os trabalhos de Sandy são caracterizados pela combinação de uma enorme quantidade de objetos complexos, coloridos, brilhantes e contrastantes, além de um exímio esquema monocromático.

Nascida em Quincy, Massachusetts em 1946, Skoglund estudou História da Arte na Smith College, em Northampton, Massachusetts 1964-1968. Ao se mudar para Nova York em 1972, começou a trabalhar como artista conceitual, lidando com técnicas inusitadas e desafiadoras, orientadas por um processo de produção de arte através de técnicas conhecidas como mark-making e fotocópias.

Ela foi professora de arte na Universidade de Hartford entre 1973-1976 e, atualmente, ensina arte da fotografia e instalação multimídia na Universidade Rutgers em Nova Jersey.

Agora, olha os trampos abaixo e me diz: pra que Ps?















Sandy Skoglund website

Via: MMM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s