Questões etílicas – A “pílula da sobriedade”

Beba o quanto quiser e permaneça sóbrio

Drink All You Want & Stay Sober With This New Pill

Um dos maiores problemas da bebida alcoólica, segundo os seus adeptos mais ávidos, tem a ver com os estragos-pós-pileque, ou a famigerada ressaca. Neste sentido, a analogia com a ressaca do mar – movimento anormal das ondas sobre si mesmas na área de rebentação, causada por rápidas e violentas mudanças climáticas – tem seu fundamento, dito que a ressaca é um tipo de crise de abstinência.

Como qualquer outra bebida ou alimento, o álcool é metabolizado e distribuído pela corrente sanguínea, para todas as células do corpo. Neste caso, quem sofre as consequências é o fígado, que precisa produzir enzimas para absorvê-lo, transformá-lo em gordura e secretá-lo pela bile. Quando o trabalho acaba, o fígado quer mais e entra numa espécie de depressão, desorganizando todo o metabolismo. O sistema nervoso, que também foi acelerado, tem uma reação parecida, gerando uma queda da força muscular, dor de cabeça, enjôo, sensibilidade à luz e um cansaço enorme.

Mas, segundo Pesquisadores da Universidade de Adelaide, na Austrália, uma nova descoberta está prestes a dizimar este pequeno “problema”, atenuando os efeitos do álcool sobre o cérebro humano.

O que isso significa, essencialmente, é que os bebedores mais ardorosos ​​poderão, em um futuro não muito distante, desfrutar dos prazeres etílicos sem sofrer os danos causados pelas substâncias tóxicas presentes em bebidas alcoólicas, permanecendo sóbrios (W!?). A pílula ainda está sendo testada em ratos de laboratório e, segundo os cientistas, os resultados foram impressionantes. Eles descobriram que os ratos, ao tomarem a pílula, não se embriagam após ser injetado o álcool.

O chefe da pesquisa, Mark Hutchinson, comenta:

“Quando um rato fica bêbado, é bastante semelhante a um ser humano no mesmo estado. Ou seja, ele não trabalha a coordenação motora corretamente”.

A pílula pode ser aprovada em menos de três ou quatro anos. Susan Weiss, do Instituto Nacional sobre Abuso de Dorgas, afirmou que a “pílula da sobriedade” pode ser um começo promissor na busca de medicamentos para dependência de drogas e alívio da dor.

Gothamist

Via: psfk

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s