Redes Sociais: Da conversação à conversão

Ou as marcas vão para as mídias socias por vontade própria, ou são levadas pelos próprios usuários

Você sabe o que todas essas marcas acima têm em comum? De acordo com o site Social Commerce Today, todas elas oferecem algum tipo de venda no Facebook.

Até pouco tempo atrás, as redes sociais eram consideradas somente um canal para que houvesse diálogo entre marcas e consumidores. No entanto, parece que esta realidade vem mudando. Algo como uma métrica que acompanha a evolução do seu tempo e, consequentemente, das pessoas e do comportamento das pessoas desse tempo.

Com tanta informação, produtos e conteúdo a solta na esféra wébica, adentrar o estranho mundo das redes sociais de maneira efetiva e engajada – a ponto de implantar determinado tipo de comércio neste âmbito – chega a ser quase uma epopéia. No entanto, a despeito disso, a presença pela presença não se justifica. Neste mundo paralelo onde as coisas acontecem de maneira tão rápida e faceira, é necessário interação para estabelecer relações “concretas”. Este é um mundo onde a informação pode ser subvertida e obsoleta segundos após sua publicação. Um mundo onde a comunicação chega aos seus extremos, e por isso deve-se ter muita cautela.

Por estes motivos, ingressar neste mercado não é das tarefas mais fáceis de se realizar. É necessário envolvimento, criatividade e astúcia para melhor desfrute do que as novas mídias tem a oferecer. Mesmo hoje, são muitas as marcas que investem nessas redes apenas para estreitar a relação com consumidores por meio de conversas e, consequentemente, ganhar empatia deles a ponto de estimular o consumo de seus produtos ou serviços em algum momento.

As redes sociais, portanto, ainda são vistas como a ponte para uma posterior atividade transacional por parte do consumidor, mas esse não é o mesmo ponto de vista que têm as marcas que estão no quadro. Um bom exemplo disso, são as empresas que já iniciaram investimentos em “Social Commerce“ (esse varejo online que envolve o relacionamento entre pessoas). A conversação, sob esta ótica é imprescindível, mas não o bastante. É preciso ir além. É preciso converter o consumidor.

Isso sempre ocorreu em se tratando de comércio, porém, quando a fórmula se expande para os relacionamentos no universo digital, pode ser considerada inovadora e muito estimulante, principalmente se lembrarmos que hoje há no mundo aproximadamente um bilhão de pessoas nas redes sociais.

Por essas e outras, o chamado F-Commerce – nome dado ao sistema de varejo online baseado exclusivamente no Facebook – é um importante modelo de “Social Commerce”.

No Facebook os usuários tendem a estar predispostos a se envolver com uma marca, por isso, as ditas early adopters, começam a disponibilizar também a opção de compra de seus produtos ou serviços através da rede social, para que o consumidor ganhe tempo, e elas ganhem o consumidor. Além disso, este tipo de iniciativa reforça as boas percepções que os usuários/consumidores tem dessa marca. É mais ou menos por aí, não é Zuckerberg?

Se liga nesse infográfico da SpinBack, retirado deste site, que mostra alguns números e curiosidades sobre esse mercado em expansão:

Enfim, profissionais de comunicação (e também anunciantes, é claro), se deparam então com um novo horizonte de possiblidades, onde é possível encarar o mistério das redes sociais de frente fazendo uso das ferramentas certas.

É ainda difícil ter uma dimensão exata de até onde vão as mídias sociais. O que podemos afirmar, no entanto, é que as marcas têm duas opções: ou vão para as mídias socias por vontade própria, ou são levadas pelos próprios usuários.

Via: Adivertido

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s