Poesia escrita por bactérias

Poetry Written By Bacteria

Essa é mais uma notícia daquelas da série “bizarrices”, entrando em consonância com o último post do “dispositivo que transmite beijos através da web“. No entanto, a poesia escrita por bactérias é – se é que podemos dizer assim –, menos estranha.

Dr. Christian Bõk, um cientista/poeta do Reino Unido, levou com sucesso uma cepa da bactéria Deinococcus radiodurans, visando produzir uma obra de poesia. Um texto foi codificado em DNA, letra por letra e depois implantado em bactérias, que o reproduz através da replicação. O trabalho de Bõk culminou em um novo caso em que o resultado derivado da replicação de aminoácidos foi decodificado em um novo poema.

Bõk descreve os resultados abaixo:

É um poema muito curto, uma afirmação muito masculina sobre a criação estética da vida. O organismo lê o poema e escreve uma resposta muito melancólica, feminina – poema sobre a estética da perda de vida – quase surreal. Eles estão em diálogo um com o outro“.

Dica de leitura:

The Xenotext Experiment

Via: psfk

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s