(des)Construção – Embalagens Minimalistas

É impressionante como existem algumas marcas que são tão presentes em nosso cotidiano, que mesmo com a (des)construção de seus atributos estéticos, ainda é possível uma imediata associação por parte de nós, consumidores. Acredito que isto se dá pelo fato da familiaridade e pela ligação que, inevitavelmente, temos com os produtos/marcas.

Teoricamente falando, o conceito de branding, decerto se aplica perfeitamente neste processo, se ocupando da gestão das marcas e do processo de fidelização e assimilação da identidade visual por parte dos receptores. Neste caso, no entanto, o paradigma foi inverso. Um estreitamento de relações ao revés. Um resgate às origens, que se apresentam em suas formas mais primitivas.

Podemos talvez, julgar esta estrutura como uma forma de raciocínio lógico (dedução); um silogismo que parte do geral para o pormenor. No entanto, para que a interpretação e assimilação da marca aconteça hoje, foi necessário um árduo trabalho de posicionamento e gestão da marca, estabelecido previamente; um processo demasiado longo e trabalhoso, mas que como podemos ver, gera resultados.

Esta excelente iniciativa, foi implantada pelo estúdio Antrepo Design de Produto, com a produção dessas embalagens minimalistas. Um interessante re-design de várias marcas internacionais e produtos de consumo, tais como: Nutella, Red Bull, Durex, Schweppes ou Pringles.

Veja as imagens abaixo:

p02

p07

p11

p06

p03

p01

p05

p09

p12

Via: Fubiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s